O Centro de Pesquisas e Análise da Informação do Secovi Rio (Cepai) acaba de fechar um relatório inédito sobre o total de imóveis negociados no primeiro quadrimestre de 2021, na cidade do Rio de Janeiro. O estudo, feito a partir de dados coletados com a prefeitura, comparou os resultados obtidos desde 2011 até os dias atuais.

Segundo a análise, o total de transações imobiliárias residenciais, de janeiro a abril de 2021, chegou a 13.012, contra 8.378 registrados no mesmo período de 2020.

Já as negociações comerciais fecharam o primeiro quadrimestre em 1.746, contra 1.333 contabilizadas no ano anterior.

Esses dados analisados pelo Secovi Rio representam um aumento de 55,3% para imóveis residenciais e de 31% para os espaços comerciais.

A Barra da Tijuca foi o bairro mais procurado para venda de casas e apartamentos, com 1.338 transações no período. Em seguida, aparecem Recreio dos Bandeirantes (1.237), Jacarepaguá (842), Copacabana (716) e Tijuca (577).

A região da Barra da Tijuca também está entre as mais buscadas para imóveis comerciais, como salas e lojas, contabilizando 259 negociações entre janeiro e abril de 2021, fato que também reforça a relevância da Zona Oeste da cidade para o mercado imobiliário carioca.

Para ver o relatório completo e conferir os dados na íntegra, basta acessar aqui: https://www.secovirio.com.br/wp-content/uploads/2021/05/transacoes-imobiliarias-itbi-1o-quadrimestre.pdf

Confira a matéria divulgada no jornal O Globo sobre este assunto: https://www.secovirio.com.br/coluna-do-ancelmo-gois-divulga-pesquisa-do-secovi-rio-sobre-alta-nas-vendas-residenciais-e-comerciais/