15/01/2020 – Perfil dos porteiros: síndico deve estar atento na hora de contratar

Há muito tempo já não vemos mais aquele típico perfil dos porteiros de novela em condomínios: uma pessoa idosa, de cabelo grisalho e com dificuldades de interatividade com a internet. Com o avanço da tecnologia, esses profissionais passaram a buscar cada vez mais cursos de aperfeiçoamento com o objetivo de se adequar seja para continuar no emprego, ou retornar ao mercado de trabalho.

 

A característica desse “novo” profissional é estar mais preparado tecnologicamente, possuir conhecimento em diversos assuntos relacionados ao dia a dia do condomínio e, ainda, ser prestativo e comunicativo com os moradores. Por causa de sua grande responsabilidade o síndico, ou a administradora do condomínio precisa estar atento na hora da contratação desse profissional.

 

Confira algumas dicas na hora de contratar um porteiro:

 

Defina o perfil dos porteiros

 

O primeiro passo na hora de contratar um novo porteiro é definir o perfil que se almeja desse profissional. De nada adianta o síndico contratar um porteiro com dificuldades em tecnologia se a portaria do condomínio for toda eletrônica. Portanto, uma boa ideia seria convocar uma reunião para definir as exigências e as necessidades desse novo profissional.

 

Analise a experiência do candidato

 

Definido o perfil do profissional que será contratado, observar o tempo de experiência do candidato como porteiro poderá ser um diferencial. Atente-se para o tempo de permanência em empregos anteriores e questione o candidato sobre os motivos de saída. Se achar necessário, ligue para o antigo local de trabalho do pretendente.

 

Entreviste os candidatos

 

Lembre-se que quem está sendo entrevistado é a pessoa que está buscando a vaga. Portanto, apenas comande a entrevista. Escute mais do que fale e procure elaborar perguntas abertas para que ela possa se expressar. Dessa forma você poderá conhecer melhor o candidato. Em determinado momento da entrevista, procure ser direto, faça questões pessoais, de forma sutil, como por exemplo, sobre questões familiares. Essa é uma boa estratégia para compreender as necessidades e características dos candidatos.

 

Realize testes

 

Existem testes psicológicos que ajudam na identificação das características dos candidatos. Por meio desses exames é possível identificar algum desvio de perfil do profissional para a vaga, o que pode comprometer o desempenho do porteiro para as atividades na função. Para esse tipo de atividade recomenda-se a contratação de um especialista, que será responsável por analisar os resultados obtidos nos testes. Os exames mais comuns durante um período de seleção são:

 

Teste de personalidade

Esse teste tem a finalidade de traçar a personalidade do indivíduo para entender o seu comportamento.

 

Teste de raciocínio lógico

Tem por objetivo avaliar a capacidade cognitiva do candidato por meio de testes práticos e teóricos.

 

Teste de ação concentrada

A principal característica desse exame é medir a concentração do candidato durante um período pré-determinado.

 

Contratação de novo perfil dos porteiros exige planejamento

 

Como se vê, a contratação de um novo porteiro para o condomínio exige planejamento e merece atenção por parte do síndico. Um bom porteiro representa os primeiros olhos do ambiente e precisa ser um profissional de confiança do empreendimento. Sendo assim, os funcionários da portaria são de extrema importância e precisam ser bem escolhidos.

 

Fonte: Viva o condomínio

17/12/19 – Dicas para Evitar Acidentes

Gerenciar um condomínio não é tarefa simples, além de se preocupar com as atividades operacionais de rotina, o síndico deve se atentar para o bem estar e o bom relacionamento dos condôminos a fim de manter a harmonia dentro do espaço coletivo.

Afinal, é muito comum o síndico se deparar com as situações mais adversas possíveis.

Confira algumas dicas abaixo:

 

Elevadores

> A manutenção deve ser mensal.

> O desnível entre o andar e o piso do elevador não deve ser maior que 5 centímetros.

> Evitar que crianças menores de 10 anos andem sozinhas no elevador.

> A maior parte dos acidentes com elevadores acontece durante a manutenção, principalmente pela falta de duas providências principais: colocação de placas de advertência no térreo, e desligamento da chave geral, para o elevador não andar enquanto sofre os reparos. Também é uma boa medida pedir para o porteiro comunicar as unidades.

Playground

> Os brinquedos devem ser permanentemente vistoriados, em busca de defeitos nas partes visíveis. Os brinquedos móveis, como gira-gira, balanço e gangorra, merecem maior atenção.

> Deve ser inspecionado, uma vez por ano, por um profissional responsável.

> Deve seguir as normas da ABNT.

> Observar a distância de passagem em frente ao balanço, prevenindo choques.

> Verificar a boa iluminação do local.

> Procurar estabelecer e respeitar os horários para a utilização do playground.

> Crianças menores de 5 anos devem estar acompanhadas de um responsável.

> Não deixar que a criança brinque sozinha no playground, ela pode cair ou machucar-se e não ter ninguém por perto para socorrê-la.

> É bom que as crianças maiores brinquem acompanhadas pelo menos de coleguinhas.

> Evite o uso de areia no piso, pois ela atrai gatos para urinar no local, trazendo riscos à saúde das crianças.

 

Piscina

 

> Mesmo que a piscina seja rasa, apropriada para crianças, não é indicado deixá-las sozinhas no local. (Ver lista de recomendações para os pais).

> Lembre-se de que os funcionários do condomínio não podem ficar tomando conta das crianças na piscina. Por isso, oriente a todos os funcionários para ligarem imediatamente para os pais das crianças que forem encontradas desacompanhadas de adultos no local. Lei nº 9.975 (29/05/98), para o Estado de SP Artigo 1º – Aos administradores das piscinas de uso comum da população incumbe promover exames de controle bacteriano da água, no mínimo uma vez por mês, utilizando-se, sempre, mais de um organismo como indicador Artigo 2º – É obrigatória a pesquisa de algas, leveduras e amebas de vida livre nas piscinas, duas vezes por ano, no mínimo.

 

  Áreas de Acesso Restrito

 

> A caixa d’água deve estar bem vedada. Se possível, deixar fechada as portas de acesso aos equipamentos que ficam no topo do prédio.

> Peça aos funcionários para deixarem trancadas, quando fora de uso, áreas como depósitos, sala de máquinas e casa de barriletes.

 

16/12/2019 – Chega de desculpas: 2020 sem dívidas!

Um passo importante para iniciar 2020 com o pé direito, é começar planejando seus gastos. O período de férias vai chegando, e, com  ele, as confraternizações, festas, presentes e as despesas inevitáveis. Mas, que tal dar um start no novo ano com aquelas super dicas para você conseguir organizar melhor seus gastos?

 

Passo 1: Quite suas dívidas!

 

Ao invés de utilizar o 13º salário para compras de Natal, você pode usá-lo para quitar as dívidas com juros mais altos. Fuja sempre do crédito especial, e tome cuidado com crédito rotativo.

 

Passo 2: Planeje todos os seus gastos!

 

Separe seus todas as suas despesas, depois, elimine todos os gastos que não são super urgentes. E principalmente, evite comprar por impulso.

 

Passo 3: Crie listas!

 

Escreva bem detalhadamente sua lista de compras, deixando bem claro o valor que você tem para gastar. Se necessário, utilize aplicativos ou sites em que você acha o local que vende o produto procurado pelo preço mais baixo. 

 

Passo 4: Presentes que cabem dentro do seu bolso!

 

Primeiro, estipule o valor que você pode gastar. Presentear pessoas é maravilhoso, mas, melhor ainda, é não fazer com que esse bom momento se torne uma grande dívida no meses seguintes. Busque sempre por coisas úteis, dentro do preço que você pode pagar.

 

Passo 5: Evite os parcelamentos no cartão de crédito!

 

O cartão de crédito ao mesmo tempo em que pode ser o salvador da pátria, ele também pode ser um grande vilão. Principalmente, quando estamos falando de parcelamento. Na maioria das vezes, ficamos com aquele pensamento de “ah!, mas só vence mês que vem” e acabamos fazendo compras com valores mais altos do que realmente podemos pagar. Deixe o limite do seu cartão de crédito para investimentos maiores, como uma televisão nova ou geladeira. 

 

Ainda em 2019, faça seu planejamento financeiro, coloque no papel suas metas e guarde dinheiro para colocá-las em prática. Não deixe para pensar nisso quando já estiver no próximo ano preocupado com as dívidas.

 

Referências: 

Conta com a gente

Infomoney