O tempo passado em casa durante a quarentena provocou um aumento nas queixas de dor nas costas. Os relatos médicos sugerem que o incômodo advém de um conjunto de fatores, mas que pode ser aliviado com medidas simples

 

“É totalmente esperado esse crescimento nas queixas”, menciona João Paulo Bergamaschi, ortopedista do Hospital Samaritano à revista Veja. Primeiro, entra em jogo o sedentarismo, comum na quarentena. É que a inércia enfraquece a musculatura que sustenta a coluna – as dores mais comuns são de origem muscular. Mesmo quem malhava há tempos e diminuiu o ritmo sente esse efeito. 

 

Para amenizar o impacto de cada um desses fatores, procure:

 

1 – Evitar trabalhar sentado no sofá ou deitado na cama;

 

2 – Praticar alguma atividade física, pelo menos três vezes na semana;

 

3 – Levantar de tempo em tempo, evitando passar longos períodos sentado ou deitado;

 

4 – Alongar, sempre que der, os braços, as pernas e a lombar;

 

5 –  Sentar-se mantendo a coluna ereta;

 

6 –  Relaxar a mente, pois o estresse constante contrai os músculos involuntariamente.

 

Fonte: Veja e Hapvida Saúde