A água representa uma das maiores despesas em condomínios residenciais no Brasil. Além da questão financeira, é importante lembrar da necessidade de economizarmos este recurso pensando em gerações futuras. A colaboração precisa vir não só do síndico, com medidas impostas, como também de todos os envolvidos na rotina condominial. De acordo com a cartilha da ABADI “Fórum da Água”, a solução pode vir com pequenas e grandes ações:

→ Vistorias periódicas em tubulações abastecedoras;

→ Considerar vazamentos em reservatórios;

→ Verificar se existem problemas com canos de alimentação;

→ Monitorar consumo com a medição do hidrômetro;

→ Sempre que possível, optar pela hidrometração individual;

→ Lavagem de áreas comuns com baldes, ao invés de mangueiras;

→ Reaproveitamento de água da chuva;

→ Campanhas de conscientização de moradores sobre economia do recurso;

→ Redução dos gastos excessivos com água em banheiros das unidades;

→ Assim como nas cozinhas.

A água é o segundo item que mais pesa no valor de cotas condominiais, perdendo apenas para a folha de pagamentos. Não só o meio ambiente e os recursos naturais são poupados com a redução do uso desenfreado, como também a carteira de todos os envolvidos. Economize água e conscientize o próximo, essa precisa ser uma luta coletiva!

 

Fonte: ABADI.