O sistema de interfonia nada mais é que o interfone, muito usado em condomínios e empresas para facilitar a comunicação com visitantes e liberar o acesso, sem a necessidade de ir até a porta. Também há modelos mais simples que podem ser utilizados em residências e pequenos comércios, por exemplo. 

As principais vantagens do sistema são: 

  • Agilidade na comunicação e liberação do acesso;
  • Mais segurança, por permitir a identificação à distância antes de autorizar a entrada;
  • Maior controle de acesso em ambientes corporativos e comerciais.

Mas hoje o mercado dispõe de diferentes modelos de sistemas de interfonia e alguns não se limitam apenas ao contato por voz. Conheça as tecnologias mais indicadas para condomínios e residências.

Porteiro eletrônico residencial

O porteiro eletrônico residencial é o sistema de interfonia mais simples do mercado, pois a comunicação é feita somente por áudio. Permite uma ou mais extensões dentro de casa, porém todas recebem as chamadas ao mesmo tempo, quando um visitante toca o interfone. Você pode encontrar modelos com fio e opções sem fio.

Onde usar? Esse equipamento é indicado para instalação em casas, pequenas empresas e comércio.

Vídeoporteiro residencial

Um vídeoporteiro residencial possibilita, além da comunicação por voz, a visualização da visita. É um sistema que conta com uma câmera no painel externo e um monitor com fone na parte interna. Seu módulo externo conta apenas com um botão para acionamento.

Há modelos de vídeoporteiro com conexão Wi-Fi que permite acessar o módulo à distância, por meio de um aplicativo para smartphone. Você pode atender uma visita e até liberar o acesso de forma remota. Existem opções com módulo interno e externo ou somente externo – neste último caso, o smartphone cumpre o papel do módulo interno. 

Onde usar? Em casas, pequenas empresas e comércio. 

Centrais de portaria

As centrais de portaria permitem que os moradores de um condomínio atendam suas visitas e liberem o acesso de forma remota ou conversem com a portaria. Esse sistema possibilita ligações sem custos entre os apartamentos – com total sigilo e sem intermediação da portaria. 

Onde usar? Em condomínios.

Interfonia de vídeo IP para condomínios

Na interfonia de vídeo IP para condomínio, o visitante pode gravar mensagens de voz e vídeo se o morador não atender. Quando isso acontece, o smartphone do condômino recebe uma notificação e, ao chegar em casa, pode assistir ou escutar as mensagens no terminal de vídeo.

Um grande diferencial desse sistema é o suporte para até 32 câmera IP, sendo uma opção para monitorar diferentes áreas sem sair de casa.

Onde usar? Especialmente para condomínios.

Central de interfonia coletiva

A central de interfonia coletiva é um é um sistema avançado que une as funções da central e do porteiro residencial eletrônico. Existem três diferentes modelos:

  • Central de interfonia coletiva 4: para prédios de 4 apartamentos.
  • Central de interfonia coletiva 8para prédios de 8 apartamentos.
  • Central de interfonia coletiva 12: para prédios de 12 apartamentos.

Onde usar? Essa tecnologia atende prédios de pequeno e médio porte e é a solução mais indicada para substituir as tradicionais “placas de rua”, que não contam com sigilo nas conversas do interfone, não permitem a ligação entre condôminos e têm o sistema bloqueado quando o interfone fica fora do gancho. Pequenos comércios também pode ser beneficiar desta solução.

Avalie os sistemas de interfonia disponíveis e escolha o ideal para seu cenário

Agora que você conhece os sistemas de interfonia mais indicados para condomínios e residências, já é possível decidir qual o mais indicado para o seu cenário. Não esqueça de contar com o auxílio de um profissional para fazer a instalação. 

Fonte: Intelbras