Niterói tem valorização imobiliária maior que a do Rio

 

De janeiro a setembro deste ano, o valor médio do metro quadrado para venda em Niterói subiu 1,9%, passando de R$ 7.202 para R$ 7.336. A valorização é modesta, mas maior que a registrada no mesmo período no Rio, onde o metro quadrado caiu 0,1%, de R$ 9.527 para R$ 9.520.

Os dados foram apresentados pelo coordenador estatístico do Secovi Rio, Maurício Eiras, durante o evento de lançamento do Cenário do Mercado Imobiliário de Niterói (2015), no hotel H Niterói, que contou com o patrocínio da Porto Seguro, nesta quarta-feira (21/10).

O vice-presidente de Marketing do Sindicato, João Augusto Pessoa, responsável pelas atividades da entidade fora da capital, apresentou a publicação a um grupo de empresários, síndicos e moradores locais. “Esta é a primeira pesquisa mais consistente sobre o mercado imobiliário niteroiense, com dados sobre locação e venda de imóveis residenciais (apartamentos e casas) e comerciais aferidos no mês de agosto de 2015”, disse.

Na pesquisa, apurou-se que a Zona Sul niteroiense mantém uma tradição: a de ter os preços de metro quadrado para venda mais altos da cidade.

Banhada pela Baía de Guanabara, o que lhe dá uma imensa área de lazer em faixa de areia, além da boa rede de serviços, comércio, transporte e pontos turísticos, a região tem os valores mais alto para apartamemtos-padrão entre os 14 bairros analisados: R$ 9.748, em Charitas; R$ 9.145, em Boa Viagem; R$ 8.245, em Icaraí; e R$ 8.088, em São Francisco. Os preços se aproximam dos praticados no Centro do Rio (R$ 8.704).

A versão eletrônica completa da pesquisa pode ser acessada gratuitamente no portal do Secovi Rio. Para obter um exemplar impresso, entre em contato com o Sindicato pelo telefone (21) 2272-8000 e peça o seu.

(Secovi Rio)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *