Durante os meses de junho e julho – e, às vezes, até agosto, é comum que os moradores organizem festas juninas nas áreas comuns, playgrounds e salões de festas dos condomínios. É uma época de muita comida gostosa, danças típicas e alegria, mas é preciso tomar cuidado em relação às regras de uso destes espaços, para que a boa convivência entre todos seja mantida.

Um dos principais problemas enfrentados nestes casos é o barulho em excesso. Especialistas orientam que qualquer barulho que possa incomodar os demais condôminos devem ser evitados, não necessariamente apenas a partir das 22h. Aqui, cabe o bom senso de saber qual é o limite do que pode perturbar o sossego dos que estão ao seu redor.

Características de festas juninas, as fogueiras podem ser um elemento das festas, contanto que estejam autorizadas no regimento interno do prédio. A principal preocupação em relação a elas é a segurança, especialmente com as crianças, que podem ficar curiosas com o fogo e acabar se queimando.

A responsabilidade da limpeza das áreas utilizadas depende do que for decidido em assembleia por todos. O próprio condomínio pode ser o responsável, mas o mais comum é que isso fique a cargo de quem o utilizou. Caso a regra não seja cumprida, o morador fica sujeito à aplicação de multas.

Colaborando e respeitando essas regrinhas, é só escolher o melhor traje junino, separar as bebidas e comidas e se divertir na companhia dos vizinhos!