O Protocolo de Reabertura da ABADI, em parceria com a Secovi Rio, disponibilizou aos síndicos, etapas detalhadas sobre como e quando as áreas comuns em condomínios deveriam ser abertas. Já na Fase 4, o documento prevê como legal a volta das assembleias presenciais.

As deliberações, convenções e votações que estavam ocorrendo puramente virtualmente devido às medidas de isolamento, poderão voltar a ocorrer em ambientes físicos, desde que protocolos sanitários e de proteção sejam obedecidos à luz das Regras de Ouro da Prefeitura do Rio. Pensando nisso, disponibilizamos a você gestor, um guia sobre como desenvolver uma assembleia de sucesso:

 

1. Crie um cronograma bem estabelecido: evite possíveis percalços de filas, atrasos ou desencontros. Estabeleça os moldes de funcionamento previamente, informando a todos sobre os horários, regras, localidade e todos os passos da reunião;
2. Divulgue de forma ampla: não hesite em contatar todos os condôminos e participantes através de meios de comunicação remota: telefone, e-mail  e WhatsApp. Procure abreviar possíveis contatos físicos para a divulgação e não se esqueça dos moradores que potencialmente não tenham acesso aos meios digitais necessários;
3. Crie pautas objetivas: mantenha o encontro em tempo reduzido, diminuindo problemas não emergenciais e priorizando a agilização e dinamicidade de resoluções e votações;
4. Organize os papéis: designe o presidente e secretário antemão à reunião, reduzindo os processos e com ampla concordância dos envolvidos;
5. Oriente sobre as etiquetas em momentos de tosses ou espirros;
6. Identifique potenciais faltas: opte por contatar pessoas do grupo de risco ou com sintomas da Covid-19 e peça uma presença online das mesmas, retirando riscos à saúde coletiva.

 

Esses passos fundamentais para realizar uma assembleia mais segura para todos, necessitam de uma abrangência comunitária para evitar iminentes imprevistos. Os passos precisam estar acompanhados de convenções já estabelecidas e fundamentais:

 

→ Uso compulsório da máscara facial em todos os momentos da assembleia e em áreas comuns;

→ Uso individual ou de pessoas da mesma unidade nos elevadores do condomínio;

→ Higienização completa do espaço escolhido antes e após o evento;

→ Evitar manuseio de objetos e documentos de terceiros;

→ Disponibilização de álcool em gel 70%, água corrente próxima, sabão e papel toalha descartável;

→ Prezar por ambientes ao ar livre. Quando não viável, priorize espaços arejados e ventilados, preferencialmente com janelas e portas abertas em toda a duração;

→ Em salas de uso comum, centros de convenção ou auditórios, funcione apenas com ⅓ da capacidade total ou com o máximo de 1 pessoa a cada 4 m²;

→ Mudanças poderão ocorrer, mas com o devido agendamento e comunicação prévia.

 

Saiba organizar sua assembleia de modo a garantir segurança para todos os presentes. Quando possível, escolha as Assembleias Híbridas, modelo no qual os moldes presenciais e virtuais mesclam-se e obedecem aos interesses de síndicos e moradores que não podem participar fisicamente. 

Garanta sempre a transparência e organização, promovendo acessibilidade ostensiva aos condôminos e participantes que queiram estar junto das decisões condominiais. A Zirtaeb coloca-se a disposição para auxiliá-lo nesse momento de incertezas, aconselhando sempre que necessário por meio de plataformas online e por telefone. 

 

Fontes: ABADI; Secovi Rio.