Como está sua adaptação ao home office? Se acha que está boa, saiba que pode melhorar ainda mais. Suavizar as mudanças de rotina e o aumento de responsabilidade ocasionado pelo novo coronavírus é possível com pequenos ajustes que melhoram a maneira como você encara seu dia a dia.

 

Um estudo realizado neste ano pela Fundação Getulio Vargas (FGV) aponta que 30% das empresas brasileiras devem manter o home office em suas jornadas após a pandemia. E mais: uma pesquisa online feita pela Robert Half com mais de 800 pessoas indica que, mesmo com uma carga de trabalho maior, 86% dos entrevistados gostariam de continuar atuando remotamente.

 

Essa é uma tendência que veio para ficar, então que tal conferir nove dicas para home office em que você não tinha pensado ainda e que podem fazê-lo se sentir, definitivamente, em casa? Quem nos ajudou nessa seleção de dicas foi a Intel.

 

1. Utilize a TV como monitor sem fio

 

Múltiplas telas são sinônimo de melhor organização. Quando você utiliza ao menos dois monitores, a visualização de tarefas é otimizada, ficando mais fácil de ler e consultar quaisquer informações. Para isso, não é preciso realizar um investimento em novos equipamentos logo de cara. Atualmente, várias TVs permitem a conexão por meio de cabos HDMI e até remotamente, podendo ser configuradas diretamente no PC. Reuniões remotas vão se tornar uma nova experiência profissional. Espelhar o conteúdo do computador não exige muito trabalho. Conecte a Smart TV ao Wi-Fi ou a aparelhos como Chromecast. Configurações intuitivas fazem parte dessa novidade.

 

2. Ajuste a luz do ambiente

 

Ergonomia é fundamental para a saúde, e ajustar a luz do seu canto de trabalho faz parte do conjunto de práticas para preservar o bem-estar físico e psicológico, já que ambientes mal iluminados podem causar tensão nos olhos, estresse e fadiga.

 

Um estudo de 2014, realizado por pesquisadores da Northwestern Medicine e da Universidade de Illinois, revelou que trabalhadores que tiveram mais exposição à luz natural dormiram mais e melhor à noite. Portanto, aqui vão algumas dicas: não se sente de costas nem de frente para a janela, para não bloquear ou ficar diretamente exposto à luz. Mesmo no caso de luminárias e lâmpadas, a luz precisa ser uniforme; nada de apertar os olhos ou de prejudicar sua visão com reflexos no monitor.

 

3. Escute músicas que ajudem na concentração

 

Mitzi Baker, da Universidade Stanford, com o auxílio de ressonâncias magnéticas, analisou a atividade cerebral de pessoas antes, durante e depois de ouvirem uma sinfonia. O resultado? A música ativou regiões do cérebro relativas a atenção, capacidade preditiva e memória.

 

Por isso, aproveite o espaço e a liberdade proporcionados pelo home office para criar uma lista de músicas que auxiliem nos processos do dia a dia. Fique atento para não selecionar faixas que atrapalhem o seu foco. Vai do gosto musical e do objetivo de cada um, então experimente.

 

4. Tenha cuidado com o almoço

 

Estabelecer uma rotina saudável de almoço não diz respeito apenas a alimentos sem gordura ou com pouco açúcar. Uma pesquisa da WW Vigilantes do Peso com mais de 2 mil entrevistados indicou que 47% acham mais difícil manter uma alimentação saudável durante a quarentena, mas que um bom planejamento alimentar pode ajudar nessa tarefa.

E isso envolve, além da definição de itens a serem consumidos, um momento dedicado à preparação de marmitas. Cozinhando o almoço

da semana de uma só vez, você pode aproveitar o intervalo tranquilamente e, quem sabe, ter até tempo para uma sonequinha.

Mas atenção: nada de almoçar ou de dormir na frente do computador. Não se esqueça de que você está em casa, por isso tem uma liberdade maior e deve cuidar da saúde com os benefícios proporcionados pela modalidade.

5. Adote um animal

 

Espantar a solidão do distanciamento dos colegas é bem simples: animais de estimação podem trazer mais alegria ao seu home office. Psicólogos relatam avanços significativos em tratamentos quando um pet entra na rotina dos pacientes.

Não se esqueça, entretanto, de que é necessário ter muita responsabilidade com o companheirinho escolhido. Ele precisa de carinho, cuidado e atenção tanto quanto você, o que inclui a escolha de ração adequada, vacinação e acompanhamento veterinário. Depois, é só aproveitar o chamego proporcionado.

6. Decore o ambiente com plantas

 

Plantas ornamentais são capazes de modificar completamente o seu escritório pessoal, e um estudo da NASA indica que elas ajudam a absorver poluentes e a filtrar a água do ar. Na hora de escolher quais farão parte da sua rotina, estude o local no qual serão colocadas e o que é necessário para mantê-las vivas e agradáveis.

Opções não faltam: samambaia, renda-portuguesa, jiboia, cactos e suculentas, pacová, espada-de-são-jorge, maranta, lírio-da-paz, antúrio e violeta certamente trarão uma cor a mais para seu trabalho remoto. Pesquise a sua favorita.

 

7. Converse com quem mora com você

 

Conciliar rotinas é essencial para o bom andamento do dia a dia em trabalho remoto, por isso, caso more com mais de uma pessoa, não deixe de ter uma conversa franca sobre os limites de cada espaço e a necessidade de silêncio nas horas em que for preciso. Ninguém quer que uma reunião virtual seja atrapalhada ou que a concentração seja prejudicada.

Paciência e compreensão devem ser aplicadas a todo momento, afinal trata-se de uma rotina nova para todos os envolvidos. Não se esqueça, também, de que videoconferências dependem de um conjunto de práticas para funcionarem bem. Estude as configurações dos aplicativos utilizados e não deixe de entender como ligar e desligar o microfone de maneira agilizada; normalmente, existem atalhos logo na tela inicial de visualização da conversa — ative-o somente quando for falar, pois isso permite que todos se entendam perfeitamente, sem ruídos incômodos.

Mãos à obra

 

Agora que você percebeu que não é difícil tornar tudo melhor, considere investir em equipamentos de qualidade para a sua atuação, porque eles serão suas ferramentas mais potentes na hora da produtividade. A Intel fornece tutoriais detalhados de suas soluções e equipamentos diversificados para todas as necessidades, além de suporte exclusivo.

Depois de seguir todas as dicas e estruturar seu setup ideal, você poderá ter conforto, comodidade e, finalmente, poderá colocar mãos à obra. Tendo mais algum conselho, não deixe de compartilhar.

 

Fonte: Tecmundo