As vantagens de ter plantas e jardins em casa, mesmo em espaços pequenos, são muitas. Você sabia que a jardinagem e o cultivo de áreas verdes podem te auxiliar a relaxar e ajudam muito o meio ambiente? Plantar temperos, por exemplo, diminui o seu consumo de produtos industrializados, reduzindo o volume de embalagens que descarta.

Além disso, plantas melhoram a sua respiração, porque removem toxinas do ar em até 87% a cada 24 horas. Isso é excelente, principalmente para quem vive nos centros das cidades, onde a poluição do ar costuma ser alta.
O problema é que, infelizmente, os imóveis estão ficando cada vez menores, e com isso muita gente acaba deixando de lado a vontade de ter um jardim, acreditando ser impossível cultivar uma área verde em casa com um espaço tão pequeno.
No entanto, dá para ter um cantinho com plantas em pouco espaço, sim! Para provar, trouxemos aqui algumas dicas para você que quer um espaço verde mesmo sem muito lugar em casa. Veja só:

Use sua sacada

As pessoas que vivem em apartamentos ou casas pequenas (como as casas geminadas, por exemplo), mas têm uma sacada, podem usar esse espaço para trazer um ambiente verde para junto de si, um pouco da natureza que está cada vez mais longe nas grandes cidades.
As sacadas são pequenas em metragem, mas têm a vantagem de ser altas, possibilitando que você posicione ali até mesmo um pé de árvore pequena, como uma amoreira, romãzeira, limoeiro ou outro. Basta verificar para que tipo de planta as condições de iluminação, vento e umidade são ideias ali. Depois é só cuidar e curtir o verde!

Aproveite o peitoril da janela

Não tem uma sacada na sua casa? Não se preocupe! Também dá para montar o seu cantinho usando o peitoril da janela. Nele é possível manter vasos simples de flores, como violetas, azaleias e gérberas que exigem cuidados menos complicados e não necessitam tanto de sol quanto as outras. Além disso, elas sobrevivem bem em ambientes mais fechados.
Se quiser, você também pode posicionar ali vasinhos com temperos como hortelã ou manjericão, caso a janela escolhida receba mais iluminação. E para deixar tudo ainda mais “verde”, que tal reutilizar garrafas PET para plantar esses temperos?

Monte um jardim de inverno

Uma outra saída para quem quer cultivar flores e plantas em casa é criar um jardim de inverno. Criar esse espaço é mais simples do que parece: o nome jardim de inverno é o mais conhecido, porém na verdade ele quer dizer um jardim interno, realmente dentro de casa, quase como se fosse um cômodo — nos países nórdicos, as plantas cultivadas dentro de casa sobreviviam ao inverno, daí o nome.
Se você mora em um sobrado, embaixo das escadas é um lugar perfeito para isso. Ali você pode cultivar pequenas plantas e folhagens. Você também pode optar por pequenos quartos, sempre levando em consideração a ventilação e a iluminação.
As plantas mais indicadas para esse tipo de jardim são pleomele, palmeira ráfis, begônia, zamioculca e espada de São Jorge. Para confirmar quais são melhores para o seu espaço específico, vale consultar um jardineiro!

Pendure as plantas pela casa

Como última opção, para quem realmente não tem nenhuma superfície onde posicionar as plantinhas, dá para apostar em um jardim suspenso!
Seja pregadas nas paredes, em grades específicas ou simplesmente penduradas no teto em varais, prender as plantas dessa forma permite que você conte com um espaço verde que não irá ocupar mesas, janelas e móveis na sua casa. Orquídeas, cactos, samambaias, suculentas e até algumas flores crescem bem nessas condições.
Ter um jardim em casa não é impossível, mesmo quando o espaço é mínimo. Siga as nossas dicas para montar o seu cantinho verde e, se precisar, conte com a nossa ajuda!

 

Fonte: meuportoseguro.com.br