É comum ver dicas para quem está querendo comprar um imóvel, mas pouco se vê sobre o assunto direcionado para quem tem um imóvel e quer vendê-lo. Não é segredo que imóvel vazio não é vantagem para ninguém. Por isso, separamos 6 dicas simples e fundamentais para ajudar na hora de colocar sua casa ou apartamento à venda e fechar negócio.

1- Mantenha a documentação sempre atualizada. Não se esqueça que, nestes tipos de transações, podem ser necessários documentos do próprio imóvel, do proprietário e, se for o caso, de seu cônjuge. Procure saber quais serão necessários, pois este é o primeiro para uma negociação de sucesso. Todos esses procedimentos garantem ao comprador que ele não assumirá alguma dívida relacionada ao imóvel no futuro.

2- Valorize o imóvel, pois ninguém se interessa por um produto que não esteja bem cuidado. Apresentar um espaço em bom estado, limpo e organizado aumenta – e muito – as chances de se fechar um bom negócio.

Por isso, se possível, vale a pena fazer pequenos reparos. Não é necessário reformar totalmente o imóvel, já que as grandes modificações podem custar muito dinheiro e não compensar mais à frente, mas sim consertar alguns problemas, se existirem, como vazamentos, por exemplo. E, se o proprietário não estiver com condições de fazer esses reparos, é imprescindível que comunique aos compradores que eles existem.

3- Procure aprimorar seu conhecimento sobre o mundo digital. Pode parecer besteira, mas essa é uma etapa muito importante, pois, sem a divulgação correta, todas as outras etapas são inúteis. Boas fotos podem ser um ótimo começo de negociação. Mostre a casa ou apartamento com ambientes iluminados, cômodos arrumados e, de preferência, sem objetos pessoais espalhados pela casa.

4- Estude o mercado e saiba qual a média de preço praticada no momento. Um imóvel com valor abaixo da média não é vantagem para o proprietário, assim como o preço que estiver muito acima da média não será atraente aos possíveis compradores. Isso também influencia na avaliação sobre aceitar ou não financiamento e negociar as formas de pagamento.

5- Na hora de colocar o imóvel disponível para venda, lembre-se que é necessária uma certa flexibilidade em relação aos horários de visita, já que os possíveis compradores provavelmente são ocupados e podem não ter tanta facilidade em mudar seus horários de trabalho. Por exemplo: as visitas aos finais de semana podem aumentar bastante a sua chance de venda.

E, na hora de receber os interessados, procure organizar o ambiente. Símbolos religiosos ou artigos de partidos políticos ou times de futebol podem afastar alguns compradores.

6- Por fim, esteja sempre certo em relação ao prazo de entrega das chaves. Analise o tempo que será necessário para as reformas e consertos, ou para desocupar o imóvel, se for o caso. Assim, você pode dar maior certeza ao comprador, que poderá se programar de forma efetiva.