Para ser um gestor condominial eficiente e realizar todas as atribuições como síndico de forma qualificada, os profissionais precisam de organização, disciplina, responsabilidade e muita dedicação.

Isso porque a administração de condomínios é uma atividade repleta de particularidades e que interfere no bem-estar dos moradores, bem como no desenvolvimento do mercado imobiliário.

Além disso, os síndicos devem estar preparados para lidar com situações adversas e vencer grandes desafios, como os que foram enfrentados durante a pandemia de Covid-19, em que muitos condomínios fecharam as áreas comuns e adotaram medidas extremas de segurança para preservar a saúde de todos.

Também é importante que o gestor condominial tenha paciência para lidar com conflitos e busque equilíbrio na convivência com os condôminos. Outro ponto necessário para o trabalho do síndico é fazer uma boa gestão financeira das contas e acompanhar de perto o andamento das atividades dos prestadores de serviço e das equipes de portaria.

Nesse sentido, é essencial que os síndicos tenham conhecimento sobre questões relacionadas a rotinas administrativas, contabilidade, finanças, legislação condominial, manutenção predial, técnicas de comunicação e muito mais. Todas essas áreas possuem aspectos relevantes para a excelência na gestão condominial.

Fonte: Secovi Rio