Uma das cidades mais importantes do estado, Niterói sofre reflexos das oscilações no mercado imobiliário carioca. De janeiro a setembro, os apartamentos tiveram queda de 5% no preço do metro quadrado de venda, enquanto no Rio caíram 8%. Ainda assim, em bairros como Itacoatiara, Gragoatá e São Francisco, houve valorização superior a 3%. Para as coberturas, os índices também são interessantes: em Camboinhas, apurou-se variação de 6% no preço do metro quadrado.

Os dados estão no Cenário do Mercado Imobiliário de Niterói 2017, pesquisa elaborada pelo Secovi Rio com informações sobre quase 30 bairros (condomínios, compra, venda e locação de imóveis residenciais e comerciais), além de índices socioeconômicos do município e uma análise especial sobre ruas do Centro e da Zona Sul niteroienses. A pesquisa será apresentada no dia 24 de outubro, a partir das 8h30, em São Domingos.

Com quase 500 mil habitantes e 52 bairros reunidos em cinco regiões, a cidade oferece imóveis com preços mais convidativos que os praticados no Rio: o valor médio do metro quadrado de venda de apartamento na terra de Arariboia (R$ 6.881) é 32% mais baixo que o da cidade vizinha (R$ 9.093). Para locação, a diferença é ainda mais vultosa: em Niterói, o preço médio de R$ 19,70 é 128% menor que o praticado em solo carioca.

De acordo com especialistas do mercado imobiliário, o mercado niteroiense foi afetado pela crise econômica e pelo fim da euforia causada pelos megaeventos no Rio de Janeiro. Em 2016, percebeu-se uma estagnação nos preços mas a tendência é que haja uma retomada no segundo semestre de 2017. Obras de infraestrutura importantes como a inauguração do Túnel Charitas-Cafubá deverão contribuir para isso.

Fundada em 22 de novembro de 1573 e com uma área de 129,3 km², Niteroi ostenta o mais elevado Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) do estado do Rio e o sétimo maior entre todos os municípios do Brasil. A qualidade de vida é o que vem atraindo compradores e inquilinos, e os preços aos poucos vão refletindo esta tendência, apesar do cenário econômico ainda frágil.

O Secovi Rio representa, por meio da Regional Litorânea, as empresas do ramo de administração imobiliária (não os condomínios) de Niterói e São Gonçalo e os condomínios de Itaboraí, Rio Bonito, Maricá, Silva Jardim, São Gonçalo, Saquarema e Tanguá.

Serviço: Apresentação do Cenário do Mercado Imobiliário de Niterói 2017
Dia: 24 de outubro/2017 – terça-feira
Horário: 8h30 (credenciamento)
Local: Ademi Niterói – Rua Vinte e Oito de Março, 12 – São Domingos  (atrás do Plaza Shopping )

Ingresso Social – 2kg de alimento não perecível que serão doados para o Abrigo do Cristo Redentor do Estado RJ , localizado em São Gonçalo

Fonte: Secovi Rio