IPTU fica até 40% menor em cota única em Itaboraí

 

Desconto de até 40% em cota única e sorteio de carros para contribuintes em dia são algumas apostas de municípios do estado para aumentar a arrecadação do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Muitos cariocas e fluminenses já começaram a receber os carnês deste ano.

No Rio, a prefeitura oferece redução de 7% — mesmo percentual concedido em 2015 — para quem quitar o imposto à vista. O desconto fica abaixo do reajuste de 10,71% aplicado este ano no imposto, com base no Índice de Preços ao Consumidor Amplo Especial (IPCA-E). Na maioria das cidades, o desconto médio é de 10%, chegando a 40% em Itaboraí, para quem optar pela cota única até 29 de fevereiro.

Para muitas prefeituras, o IPTU representa uma esperança para recuperar o caixa combalido pela crise de 2015. É o caso de Itaboraí, que sofreu com a desaceleração das obras do Comperj. A previsão da Secretaria de Fazenda do município é arrecadar cerca de R$ 21 milhões, valor 15% maior do que o ano passado. O subsecretário de Fazenda, Otávio Silva, acredita numa queda da inadimplência da ordem de 20%.

Macaé oferece apenas 8% de desconto para quem pagar em cota única até 31 de março. Em compensação, o município, que já foi considerado o ‘eldorado do petróleo’, acabou de aprovar lei que isenta do IPTU as 50 maiores empresas prestadoras de serviços da cadeia de óleo e gás, além de reduzir o ISS em 25%.

A medida pretende manter os empregos na cidade, mas reduzirá a receita em cerca de R$ 20 milhões — a previsão é arrecadar R$ 35 milhões dos 83 mil imóveis cadastrados.

Campos dos Goytacazes, que perdeu mais de R$ 1 bilhão no orçamento de 2015, oferece apenas 5% de desconto na cota única do IPTU, mas o contribuinte em dia tem direito a participar do sorteio de um carro 0Km dia 28 de março, aniversário da cidade. Petrópolis também vai sortear um carro. A prefeitura corrigiu o imposto em 8,91% e concede 12% de descontona cota única até dia 21.

No Rio, a cota única ou a primeira parcela deve ser paga até dia 3 de fevereiro (para imóveis com inscrição final 0 a 5) ou no dia 4 (para imóveis com final 6 a 9). A arrecadação prevista de 1,2 milhão de imóveis é de R$ 2,25 bilhões. Em São Gonçalo, o desconto de 12% na cota única vai até dia 29 de janeiro, de acordo com o número de inscrição.

(O Dia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *