A bandeira tarifária de energia elétrica volta para o vermelho em novembro, no patamar 1, ou seja, haverá um acréscimo de R$ 4 para cada 100 quilowatts/hora consumidos.

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), apesar do período marcar o início da temporada chuvosa nas principais bacias hidrográficas do país, o regime de chuvas está abaixo da média histórica.

Esse cenário faz com que as usinas termelétricas sejam acionadas, mas o custo de produção é mais alto, o que impacta diretamente no custo da energia.

Em outubro, a bandeira tarifária estava na cor amarela.

Via TV ZOOM