O mês de julho é marcado por ser época do recesso escolar no meio do ano. Esse período de descanso pode – e deve – ser aproveitado pelas famílias para relaxarem e, por que não, viajarem um pouco.

Por ser um momento em que a circulação de moradores acaba diminuindo um pouco, é essencial que a segurança do condomínio seja reformada, para evitar surpresas indesejadas. Para isso, separamos 5 dicas de como melhorar esse aspecto no dia a dia do seu prédio ou condomínio, tornando-o um lugar mais protegido e livre de ameaças. Confira abaixo!

Antes dos condôminos saírem de férias, eles devem notificar por escrito se deixarão ou não seus automóveis na garagem do prédio. Se sim, o responsável deve fazer um cadastro desses veículos com as informações mais importantes. Assim, caso seja notada alguma movimentação suspeita ou a saída do carro de um condômino durante esse período de ausência, as medidas necessárias poderão ser tomadas.

Em tempos de tecnologia em alta, os equipamentos eletrônicos são outra alternativa eficaz no combate à criminalidade. As câmeras de segurança são as mais comuns de serem usadas, mas também devemos lembrar das portarias remotas, sensores de iluminação, circuitos internos de tv, entre outros, que são opções muito eficientes.

Além do aparato indicado anteriormente, a opção da instalação de alarmes monitorados deve ser considerada. A partir de um painel de controle, canais de comunicação internos, sirenes e sensores de identificação e de movimentos, o sistema garante o monitoramento feito por uma equipe especializada 24 horas por dia. Por usar um sistema wireless, ou seja, sem fio, é mais difícil que alguém estranho consiga desativar o alarme.

Os funcionários dos condomínios devem prestar muita atenção às residências que estão vazias, para detectar qualquer movimentação inesperada. Caso qualquer coisa seja percebida, os moradores devem ser avisados imediatamente. E, se os moradores estiverem esperando alguma visita nesse período em que não estiverem em casa (como diaristas, familiares etc), peça que deixem um aviso com os dados do visitante e quando aparecerão, para evitar incidentes.

Por fim, é importante trabalhar a conscientização dos condôminos. Em uma assembleia ou através de cartilhas e avisos, oriente-os sobre estes procedimentos essenciais antes de viajar. Destaque a discrição sobre a data e o destino da viagem, que são informações que devem ser dadas apenas a familiares e amigos próximos. Outra sugestão é que, neste período, a entrega de itens, como jornais e revistas, seja interrompida. Se isso não for possível, guarde-os na portaria até o retorno dos moradores.

Com nossas dicas, esperamos facilitar um pouco mais a segurança em seu condomínio, sempre visando o bem-estar de todos os moradores. Tem mais alguma dica de como manter seu condomínio mais protegidos? Divida conosco aqui nos comentários! 😉