Segurança nos condomínios da Região Oceânica

Uma pesquisa realizada pelo Sindicato da Habitação do Rio (Secovi Rio) apontou que Camboinhas e Piratininga são os bairros mais procurados para locação por temporada. Com esse aumento da população na Região Oceânica, no período do verão, é necessário tomar alguns cuidados com a segurança.

Por conta desse movimento o Secovi Rio lançou uma cartilha com dicas para diminuir as intempéries desse período. O órgão orienta os sindicos e administradores a prestarem atenção na integração entre tecnologias, funcionários e moradores.

Medidas simples podem contribuir para minimizar as possibilidades de crimes, entre elas manter um controle de cadastramento de moradores temporários, o que pode ser autorizado em reunião de assembleia.

O departamento jurídico do sindicato sugere que a ação esteja prevista na convenção ou no regulamento interno do condomínio. De acordo com nota, Luiz Cláudio Moreira, da Self Imóveis, explicou que vários empreendimentos foram entregues na região de Camboinhas em 2015, o que fez com que a locação por temporada aumentasse nessa região.

“Os proprietários têm usado sites especializados, para fazerem esse tipo de negócio. E a tendência é que o movimento dure até o carnaval”, apontou. Para moradora de Piratininga, Nathália Castro, 29 anos, a circulação de pessoas estranhas no bairro é um motivo de preocupação.

“É claro que não temos como mandar na rua, mas acaba que conhecemos os vizinhos próximos, por exemplo. E não é só no verão, basta um final de semana com calor para as praias ficarem lotadas com muitas pessoas de fora. Sei que temos que tomar cuidado até com nossa sombra mas se falando de desconhecidos não podemos facilitar”, apontou.

Outro levantamento, desta vez realizado pela Niterói Empresa de Lazer e Turismo (Neltur) apontou que as pousadas locais registraram um aumento de cerca de 25% na sua procura. José Haddad, presidente da Neltur, ressaltou o principal motivo da procura pela Região Oceânica.

“Considerando que a praia de Itacoatiara é uma das mais belas do pais, e virou point da juventude e de artistas é um local que, principalmente, no verão aumenta significativamente o número de frequentadores. Levando em conta que os turistas e banhistas nem sempre se hospedam na região, apenas vão às praias e aos restaurantes locais, pode-se considerar que essa demanda aumentou em cerca de 40% nas praias oceânicas de Niterói”, divulgou.

(A Tribuna)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *