Para alívio dos consumidores a bandeira tarifária de energia elétrica em dezembro de 2019 é amarela. Com isso o custo de cada 100 quilowatts-hora consumidos fica em R$ 1,343, bem abaixo dos R$ 4,169 de novembro, quando a bandeira foi a vermelha.

A melhora das previsões meteorológicas, que sinalizam chuva sobre as principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN), refletindo diretamente nos principais reservatórios.

Porém, com a condição intermediária repercutirá na capacidade de produção das hidrelétricas, ainda será preciso demandar acionamento de parte do parque termelétrico, com impactos diretos na formação do preço da energia.

O sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. O funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

Lembrando que em qualquer uma das três bandeiras tarifárias, a recomendação é uso consciente da energia e combate ao desperdício.

Via http://www.acritica.net/ – Por Katiuscia Fernandes – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)