Confirmado: Caixa eleva juros de financiamento
A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quinta-feira (15/1) uma alta nas taxas de financiamento da casa própria para operações contratadas com recursos da poupança (SBPE).

Segundo a assessoria de imprensa, imóveis financiados usando recursos do FGTS ou pelo programa Minha Casa, Minha Vida não sofrerão alterações.

A nova taxa passa a valer a partir da próxima segunda-feira (19/1), e será aplicada somente aos imóveis financiados depois deste dia.

A Caixa afirmou que está elevando as taxas por causa do aumento da taxa básica de juros, a Selic, que atualmente está em 11,75% ao ano.

Sistema Financeiro da Habitação

O Sistema Financeiro Habitacional regula a maioria dos financiamentos imobiliários no Brasil, como os que são tomados com recursos da poupança e do FGTS.

Para se enquadrar neste sistema, o imóvel deve custar, no máximo, R$ 750 mil em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Distrito Federal. Nos outros Estados, o limite máximo do imóvel é de R$ 650 mil.

No SFH, a taxa balcão (padrão, para quem foi mantida em 9,15%; para quem já tem relacionamento com o banco, os juros subiram de 8,75% para 9%.

Para quem já tem relacionamento com o banco e recebe o salário por ele, a taxa subiu de 8,25% para 8,7%.
Para servidores que já têm relacionamento com o banco, a taxa subiu de 8,6% para 8,7%; para servidores com relacionamento e salário, os juros subiram de 8% para 8,5%.

Sistema de Financiamento Imobiliário

O Sistema Financeiro Imobiliário regula todas as transações que não se enquadram no SFH.

No SFI, a taxa balcão (para clientes sem relacionamento com o banco) subiu de 9,2% para 11%; para clientes com relacionamento, o juro passou de 9,1% para 10,7%.

Quem, além de ter conta no banco, receber salário por ele, vai passar a pagar 10,5% de juros no financiamento (ao invés dos 9% atuais).

Para servidores com relacionamento, a taxa sobe de 9% para 10,5%; e para servidores com relacionamento e salário, os juros vão de 8,8% para 10,2%.

Fonte: site UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *