Imóveis de luxo: aumenta busca por moradias acima de R$ 1 milhão

 

Seu trabalho como corretor de imóveis tem sido prejudicado pelas incertezas que marcam o cenário econômico brasileiro atualmente? Se você é um corretor que trabalha com imóveis de luxo, isso não deve estar acontecendo – pelo menos não por causa de uma diminuição do número de interessados neste tipo de residência.

O mercado de luxo no Brasil continua firme e caminha na contramão da crise. Em análise realizada pelo portal VivaReal com seus mais de 13 milhões de visitas por mês, o número de pessoas que buscam imóveis para compra acima de R$ 1 milhão aumentou 32% no terceiro trimestre de 2015, quando comparado com o mesmo período no último ano.

O principal motivo para isso? Este tipo de imóvel não foi tão afetado pelas várias mudanças nas regras de financiamento imobiliário que aconteceram em 2015, principalmente nas linhas oferecidas pela Caixa Econômica Federal. Quem compra imóveis de alto padrão normalmente faz uso de recursos próprios para custear grande parte do valor negociado.

Acompanhando o crescimento econômico da região Nordeste, Fortaleza foi a capital que apresentou o maior aumento de buscas (+92%) por imóveis nessa faixa de preço, seguida por Curitiba (+70%), Porto Alegre (+67%), Florianópolis (+62%) e Goiânia (+58%).

Vale lembrar que em algumas capitais onde o valor do metro quadrado médio é maior, como São Paulo e Rio de Janeiro, não é possível comprar imóveis de luxo com um R$ 1 milhão.

Como vender um imóvel de alto padrão?

Percebeu nesta notícia uma possibilidade de atuação? Lembre-se que vender imóveis de luxo, entretanto, não é tão simples. Este é um segmento muito particular, com clientes extremamente exigentes quando o assunto é atendimento, conhecimento do corretor de imóveis e habilidade de negociação.

Para atuar com este padrão de imóveis, é preciso estudar muito sobre economia, mercado imobiliário e tendências para a região de atuação. Além, é claro, de saber todos os detalhes do processo de compra e venda de um imóvel.

(180 graus)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *