Confira como sair de férias com o lar em segurança

É muito comum, em qualquer época do ano, assistir nos noticiários matérias sobre assaltos a condomínios e casas. No entanto, durante as férias, como a de julho, em função de passeios e viagens, a vulnerabilidade das residências se torna ainda maior.

Por isso, a preocupação deve ser redobrada, uma vez que a residência ficará vazia. Assim, antes de viajar é imprescindível tomar algumas medidas de segurança como forma de se prevenir da ação de criminosos.

“Para pessoas que moram em condomínios, seja de casas ou apartamentos, a dica é evitar ao máximo divulgar o itinerário da viagem para outras pessoas. Agir com discrição pode impedir que pessoas mal-intencionadas saibam que o imóvel vai estar vazio. Mas se for passar muito tempo fora, é importante avisar ao zelador e ao porteiro, e deixar uma autorização no caso de alguma pessoa ou empregado precisar entrar no seu apartamento durante sua ausência. Recomendo também que entregas de encomendas sejam suspensas até o seu retorno, para não chamar atenção”, ensina Amilton Saraiva, especialista em condomínios da GS Terceirização.

A portaria, assim como os demais profissionais do condomínio, conhecem a rotina do condomínio e é muito difícil os profissionais desta área não perceberem a ausência de algum morador.

Assim, segundo Amilton, é recomendável que os porteiros e outros funcionários sejam contratados através de maneira criteriosa, que ofereça treinamento especializado de atendimento, discrição e segurança preventiva.

(O Fluminense)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *